Publicidade

Suavicid Antes e Depois (Fotos)

Suavicid Antes e Depois (Fotos)

Se você chegou até aqui através desse post “Suavicid Antes e Depois“, recomendo que também leia com muita atenção o post “Suavicid Resenha e Resultados“, onde explico com detalhes como uso esse medicamento, motivo e explico também algumas dúvidas pesquisadas em sites científicos sobre o melasma.

Porém, se você quiser entender melhor ainda o problema que aconteceu com a minha pele desde o início, o ideal seria ler também o post “Vitanol-A: Alerta, Continuidade e Fotos“, onde explico os efeitos indesejados causados pelo Vitanol-A 0,025%.

Nesse post que você está lendo agora “Suavicid Antes e Depois“, vou registrar as fotos do antes, durante e depois do tratamento com o Suavicid que foi devidamente indicado por um médico dermatologista. NÃO USE NENHUM TIPO DE MEDICAMENTO SEM A DEVIDA INDICAÇÃO DE UM MÉDICO ESPECIALISTA.

Esse será o post que você poderá acompanhar as imagens da evolução de todo o tratamento, mas se quiser informações mais detalhadas sobre o medicamento Suavicid, é indicado que leia com atenção o outro post “Suavicid Resenha e Resultados“.

Vou fazer um breve resumo  a partir de agora e deixar você atualizada com as informações necessárias para entender o que aconteceu comigo, ok?

Eu tinha muitas manchas no rosto causadas por excesso de sol, algumas linhas de expressão também já aparecendo, marcas de espinhas desde a adolescência e um pouco de melasma na região das olheiras e maçã do rosto.

Por que usei o Vitanol-A?

Então, comecei a procurar pessoas que tinham o mesmo problema e encontrei muitos vídeos no Youtube que indicavam e mostravam “as maravilhas” e os resultados do tratamento com Vitanol-A.

Não comprei o produto antes de procurar um dermatologista porque sou alérgica à algumas substâncias e tive medo de arriscar. Por isso, marquei uma consulta para perguntar se eu poderia usar o Vitanol-A.

A primeira coisa que a médica me perguntou era o motivo da minha insistência em querer usar o Viltanol-A. Então, expliquei que tinha vista muitos excelentes resultados na internet, que o preço era bom e tudo mais!

Depois de explicar os meus motivos, ela fez a receita do Vitanol-A 0,025% e me disse que se eu tivesse alguma reação que era para entrar em contato e/ou supender o uso.

Resumindo: comprei e iniciei o tratamento rapidamente! Porém, acho que pequei mesmo foi quando tive a irritação na pele e ainda assim insisti em usar ou por ter usado uma porcentagem mais fraca, como suspeitou o atual dermatologista.

Por que usei o Suavicid?

Depois de algumas tentativas sem sucesso para melhorar o aspecto da pele após esse probleminha ocorrido por causa do Vitanol-A, fui procurar um outro dermatologista que cuida de problemas de pele numa clínica de consulta “popular” não ligada a nenhuma clínica de estética.

Após fazer um exame ocular na minha pele e após eu ter contado o ocorrido, ele me ofereceu a possibilidade de tentarmos usar um medicamento chamado Suavicid para tentar amenizar esse efeito indesejado ocorrido pelo Vitanol-A. Aceitei logicamente já que queria me livrar do problema o quanto antes fosse possível.

Juntamente com o Suavicid, o dermatologista receitou também o Cicaplast para que fosse usado em conjunto com o tratamento. Lembrando, que você pode acompanhar todo o passo a passo do tratamento com o Suavicid em outro post aqui do blog: “Suavicid Resenha e Resultados“.

Nesse post anterior sobre o Suavicid, você encontrará várias informações detalhadas sobre a minha rotina de tratamento, dúvidas sobre o melasma, entre outras. Deixei esse post que você está lendo agora, somente para postar as fotos com a evolução de todo o meu tratamento.

Lembrando mais uma vez, que o Suavicid não é um coméstico e sim um medicamento que pode trazer riscos à saúde, então, um médico especialista deve ser consultado antes de usá-lo. Cuide bem de sua pele, pois ela é um bem precioso que nós temos e que, se mal cuidada, pode trazer sérios riscos para a nossa autoestima.

Outra dica: é muito importante seguir as orientações do seu médico para que o tratamento tenha o efeito realmente compensador. No meu caso, o médico recomendou: passar 30 minutos antes de dormir, usar somente até descamar, descansar por 2 ou 3 dias passando o Cicaplast e voltar a usar novamente quando a pele já estivesse recuperada.

Esse intervalo do Suavicid passando o Cicaplast, foi muito importante para minha pele porque tenho a pele sensível e com tendência a ficar avermelhada, então, o Cicaplast ajudou a cicatrizar e tirar esse “vermelhão”. Para a minha pele, foi o casamento perfeito! O Suavicid usado em conjunto com o Cicaplast juntamente com o período de descanso foi realmente a salvação da minha pele.

Você não imagina o sufoco que passei durante esse período com a pele danificada, evitava sair de casa fazendo tudo o podia pela internet, deixei de ir à festas ou comemorações de amigos ou família, saía de casa com muita maquiagem e até óculos sem grau para tentar disfarçar o problema e mesmo assim ficava me sentindo mal porque achava que todos olhavam para a área do rosto afetada.

Só eu e as pessoas que já entraram em contato comigo aqui no blog ou pelo Facebook que tiveram o mesmo problema, é que sabemos bem o que é isso! Por isso, resolvi obedecer criteriosamente o que foi indicado e recomendado pelo dermatologista para não correr o risco de ter o problema aumentado.

Lembrando, que o período que usei o Suavicid no ano passado foi de julho de 2017 até o final de setembro de 2017, quando o médico interrompeu o tratamento devido à proximidade do verão e também porque ele me explicou que não seria adequado usar hidroquinona, que é um dos componentes da fórmula do Suavicid, por um período prolongado, ou seja, deve haver um período de descanso.

Então em maio de 2018 estarei retornando com o tratamento porque fiquei do final de setembro de 2017 até agora sem usar o Suavicid, mas não peguei mais sol nenhum no rosto e quando saio de casa durante o dia, uso o protetor solar de 30 a 50 fps dependendo do tempo de exposição ou da intensidade.

Suavicid Antes e Depois com Fotos

1 – A primeira foto mostra como a minha pele ficou por causa do efeito indesejado do Vitanol-A 0,025% que pode ter ocorrido por um processo alérgico:

1-Efeito-Indesejado-do-Vitanol-A

 

2 – A segunda imagem mostra a evolução da pele após apenas um mês de tratamento com o Suavicid. Aqui já podemos notar a pele mais clara e as tais rugas causadas pelo Vitanol-A um pouco mais suavizadas:

2-Após-Um-Mês-de-Uso-do-Suavicid

 

3 – A terceira imagem, mostra a evolução após 3 meses de uso do primeiro ano de tratamento (2017), já podemos observar uma melhora significativa de todo o aspecto da pele:

3-Após-3-Meses-de-Uso-do-Suavicid-2017

 

Como você pôde perceber nas fotos, houve uma melhora em todos os aspectos da minha pele, além dos efeitos indesejados do Vitanol praticamente estarem imperceptíveis apenas no primeiro ano de tratamento. Realmente, estou muito satisfeita e feliz com a evolução do tratamento.

Mas tenha muito atenção: não é porque o Suavicid deu certo para mim, que poderá dar certo para você! Da mesma forma que para mim o Vitanol não deu certo, o Suavicid também pode não ter o mesmo benefício em sua pele.

Por isso, não deixe de consultar um dermatologista para verificar o real estado de sua pele e seguir a orientação correta de uso indicada por ele.  O Suavicid não é um cosmético e sim um medicamento, seu uso inadequado pode trazer sérios riscos para a sua pele.

Veja Também:

Cicaplast Resenha (Composição, Indicação e Modo de Usar)

Então, gostou dos resultados? E você já usou o Suavicid? Teve sucesso em seu tratamento? Então, deixe um comentário! Conte tudo e não nos esconda nadinha! Vou amar conhecer a sua história! Um suuuper abraço e até o próximo post! 💋💋💋

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!