logo

Como Usar Saia Godê com Fotos

sexta-feira, julho 22, 2016

Como Usar Saia Godê

A saia godê se popularizou na década de 1950, uma época marcada pelo glamour na moda feminina quando as mulheres se vestiam com leveza e exibiam os seus looks charmosos exalando um certo magnetismo no ar. Que poético! Poesias à parte, a saia godê realmente continua reinando por décadas no guarda-roupa feminino, principalmente por causa da sua versatilidade para compor diversos looks nas mais variadas ocasiões. Além de ser uma peça que cai bem em praticamente todas as ocasiões, deixa a mulher elegante, graciosa e extremamente feminina e por isso é um modelo que não pode ficar de fora do guarda-roupa feminino, afinal é uma peça clássica e de extremo bom gosto.




Saias Godê na Década de 1950
Foto: Ethan - Flickr


A principal caraterística da saia godê é que possui a cintura mais justa e vai abrindo com um corte arredondado, ou seja, em forma circular até a bainha. Já o comprimento pode variar entre o mais curto no meio da coxa, no joelho, abaixo do joelho ou no meio da canela, que é o comprimento midi e também pode ser longa. Cuidado para não confundir com a saia evasê, que tem um corte enviesado em relação ao tecido e não é tão "rodada", o corte vai abrindo ao longo do corpo. A saia godê pode possuir pregas na cintura e também podem ser plissadas, onde o tecido forma uma espécie de leque como na foto abaixo:

Saia Godê Plissada Preta com Blusa Vermelha e Sapato Vermelho
Foto: Gromovataya - Pixabay


O ideal é usar a saia godê com blusas mais sequinhas e com menos "informação", ou seja, mais coladas ao corpo sem babados ou outros detalhes que possam aumentar o volume do tronco. É preciso ter cuidado com a saia godê porque, dependendo do modelo, pode causar uma impressão de estar acima do peso, de ter gordura em excesso na barriga ou um quadril grande demais. Veja esse exemplo do look da foto logo abaixo, foi feita uma composição de uma saia rodada verde com pregas para afinar a linha de cintura com uma blusa mais sequinha e mais ajustada ao corpo, uma ótima opção para ir ao trabalho ou em alguma ocasião que seja necessário um visual mais "arrumado":

Saia Godê Verde Escuro com Pregas da Amaro
Saia Rodada Pleats da Amaro.com


A saias da modelagem godê mais curtas devem ser usadas com cuidado, pois para as mulheres com o quadril mais largo ou volumoso pode ser um pouco desconfortável em relação aos movimentos, principalmente as saias confeccionadas com tecidos mais leves. Se você tem o quadril mais largo ou mais volumoso e quer disfarçar, não use minissaia godê, dê preferência aos modelos na altura do joelho, sem pregas volumosas e com cores mais escuras. Veja na imagem abaixo um exemplo de look adequado para o dia a dia, composto por uma saia godê estampada confeccionada em tecido leve com blusa em gola canoa azul: 

Saia Godê com Estampa Geométrica Azul da Zattini
Saia Godê com Estampa Geométrica Azul da Zattini


Já a saia godê no comprimento midi deve ser evitada por mulheres baixinhas com pernas grossas, pois esse tipo de comprimento achata ainda mais a silhueta, portanto dê preferência para a saia godê na altura do joelho ou um pouco acima do joelho para ocasiões um pouco mais formais. Mulheres mais jovens, baixinhas e magrinhas podem usar saia godê com o comprimento no meio da coxa sem nenhum problema e também podem usar estampa com fundo claro. Veja na imagem abaixo um exemplo de uso da saia godê midi, a moça não é tão alta, porém é magra e com as pernas mais finas:

Saia Godê Midi
Foto: Paolo Villanueva - Flickr


Lembre-se que a moda é sua amiga e não sua inimiga, portanto, qualquer modelo pode ser usado desde que não esteja desfavorecendo o seu corpo. Dica para não errar: Organize o seu guarda-roupa, monte os seus looks com calma e se surgir qualquer dúvida, faça uma foto, pois muitas vezes o espelho pode nos enganar.

Leia também:




Tem alguma dica, crítica ou sugestão? Basta compartilhar nos comentários abaixo! Um suuuupeeeer abraço e até o próximo post!



Você Pode Gostar Também

0 comentários